Páginas

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Buenos Aires - Teatro Colon

*Depois de uma breve pausa, voltamos com os relatos da visita a Buenos Aires.*

Fazer a visita guiada do Teatro Colón era uma das coisas que há muito tinha vontade de fazer. Depois de ficar fechado por quatro anos para reforma o Teatro reabriu suas portas no ano passado como parte das comemorações do Bicentenário (o Teatro foi inaugurado para o Centenário). Os bilhetes estão a venda no local ou pela internet (não consegui fazer a compra). Nós chegamos ao meio dia e conseguimos bilhetes para 13:45, aproveitamos para comer algo no café (atendimento simpático, mas as opções fraquinhas, fraquinhas) e fomos dar uma olhada na entrada principal e a praça que fica em frente. A frente do Teatro é pela rua Libertad e não pela Av. Cerrito e para quem vai de metro é a estação Tribunales.
Apesar do Teatro ter sido reaberto, a reforma não terminou, agora estão trabalhando nos bastidores e nos porões, então todas as oficinas e atelieres estão fora do roteiro de visitas por enquanto. Segundo a agenda do teatro algumas áreas podem ou não ser visitadas. Em poucos lugares é permitido tirar fotos.
Normalmente, a visita começa pelo Foyer mas, no dia que fomos, o Foyer estava fechado por que estava sendo usado para a encenação de uma peça de vanguarda. Claro que foi possível ver o Foyer, de cima, do Salão Dourado. Para visitar o salão de espetáculos, ficamos apenas no balcão nobre, é que no palco ensaiavam uma ópera (foi bem legal ver 5min. do ensaio). Por conta do ensaio a guia não pode fazer as explicações de praxe, estas foram feita num salão ao lado, tudo muito interessante.
Para o João e eu a visita valeu muito a pena. E o Guilherme? Bom, ele se comportou muito bem (o passeio dura quase uma hora) ficou caladinho durante o ensaio e na hora que a guia explicou as coisas sobre o salão de espetáculo ele participou. Isso mesmo, minha gente, o Guilherme fez perguntas. Quem adivinha sobre o que? Não, não foi pra saber onde era o banheiro. A guia explicou que escondido na luminária do teto do teatro existe uma passadiço secreto que é usado em algumas apresentações, membros do coro ou da orquestra podem ficar lá em cima e que toda a sonoridade muda (em tempo: o Colón é conhecido por sua excelente acústica, todos os detalhes que fazem isso possível são levados em conta, então na hora de trocar a cortina, ela tem que não só ser similar a que sai, mas tem que pesar o mesmo, ser do mesmo tecido e por ai vai) eu fiquei imaginando como deve ser espetacular uma apresentação assim.
O Guilherme ouviu foi a palavra secreto. E começou a perguntar se a guia já havia ido até lá, como era e se ele não podia ir. Agora imagina o sucesso do pingo de gente! E o orgulho dos pais! E a guia também estava feliz, afinal, o programa é considerado "adulto" e ela logo no começo perguntou se ele não ia se entediar.

Para quem nunca fez a visita vale muito a pena, independentemente do que vai poder ser visto e como. Pra quem fez a visita antes da reforma vale a pena, mas  eu esperaria poder visitar os bastidores do teatro antes de voltar. Para quem vai com crianças, aproveite para chamar a atenção para os detalhes, as cores, os lustres, os vitrais, faça uma pequena "caça ao tesouro" para distrair um pouco durante o passeio, tudo fica mais fácil.

Um comentário:

Paloma, a mãe disse...

É lindo demais, também adoro!
Beijos