Páginas

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Vento, Ventania

Desde que li no jornal que a previsão para hoje incluia temperaturas variando de 30oC a 9oC, sabia que havia algo errado. Minha torcida era para que errada tivesse a máxima. Mas na verdade eu havia esquecido do querido zonda, que hoje desceu pra valer. De manhã cedo no sul da provincia, as aulas foram suspensas. Nosso dia seguiu normal, deixamos Guilherme na escola e nenhum recomendação extra. Tudo indicava que seria um dia de ventos fortes.
Mas eis que lendo o jornal online vejo que aqui na cidade as aulas da tarde e noite foram suspensas em todas as escolas. Inclusive na Universidade. E ai? O telefone da escola ocupado o tempo todo, claro! João liga do consulado, ninguém conseguia falar com a escola (as crianças estudam na mesma escola) Liguei para outra mãe  (cujo filho só estuda meio perido) e sim tem que ir pegar as crianças na escola. Nisso recebo o telefonema da escola, saio para pegar o Guilherme pensando no que vou fazer para o almoço dele? Eu tenho me alimentado de comida muito leve e saladas. Mentalmente, vou repassando o que tem no freezer.
Na rua um vento danado e começo a pensar em até que ponto é mais seguro sair para pegar o filho na escola quando estão previstos ventos fortes. A rádio pede para cada um ficar onde está, para ter cuidado com os galhos caídos, cabos de força etc. e eu na rua? Bom, mas tenho que ir, não vai ter aula de tarde. Para meu espanto encontro um lugar fácil para estacionar na escola., pelo visto os pais se organizam bem em caso de emergencia, quase todo mundo saía levando os seus e mais alguns. Descubro que Guilherme está no refeitório (ufa!) e quando chego lá vejo um menino super animado, comendo sua gelatina (laranja!) e que ao invés de sair correndo me pede para esperar ele terminar! A professora avisa que comeu bem o bife com pirê (pirê? nem quando era bebê ele gostava de pirê! bom!)
No caminho para casa vou mostrando para o Guilherme as folhas no chão (acho que vamos passar direto para a paisagem de inverno, não vai sobrar muita folha pra contar a história nas arvores depois de hoje) e ele pede para sair e juntar folhas. Depois tenho que explicar por que o carro vai direto para a garagem, ele quer que fique na rua, hoje tem vaga, mãe! Claro, filho, todos colocaram o carro para dentro por conta do vento. Agora é esperar passar e quem sabe não saio para tirar umas fotos.

Fotos do zonda de novembro de 2010
Para ver fotos do desta semana clique aqui e depois em imagens que abre uma galeria de fotos do jornal.
Nota: Quando você olhar a previsão do tempo e houver uma grande variação de temperatura em Mendoza, tem vento zonda na parada. 
Algumas das recomendações sobre o vento zonda você pode ver aqui (em espanhol).

6 comentários:

Mariana - viciados em colo disse...

ai que coisa!
e estas mudanças de rotina ficam marcadas: alice lembra até hoje do dia em que a escola alagou e teve que ficar em casa...
bons ventos

Lia disse...

Medo dessa zonda... quando visitei mendoza o guia disse que se você ficar na rua ela pode te queimar, igual sol forte. Credo.
Aqui em Brasília tem dado umas enxurradas, dessas de carregar árvores e alagar as tesourinhas. Pensa no meu medo de ficar presa no trabalho e não conseguir pegar minha picoca na creche... Tetesto desasres ecológicos, se é que posso chamar assim.

Neda disse...

Mari, nem sei se ele deu muita bola não. Achou mais estranho o pai não ter ido pegar (normalmente é ele quem pega o G na escola), do que ter saído mais cedo. Daqui uns dias te conto.

Lia, eu não diria que o vento queima feito o sol, mas a combinação vento quente e seco + sol ai sim pode ser ruim. Eu quase choro vendo as arvores caídas em BSB, na quadra onde moravamos cairam muitas arvores, triste mesmo.

Bjs

Paloma, a mãe disse...

Nossa, Neda, que susto, que zona que faz este zonda (trocadilho infame, mas inevitável)!
Se puder, tire fotos (nem que seja da janela de casa ou do carro), pra gente ter uma ideia.
Beijos

Juliana disse...

Nossa, que susto! Mas sua coragem teve um nome: Guilherme! Ainda bem que vocês estão todos bem.

Neda disse...

Paloma
Como hoje de manhã já estava tudo mais ou menos limpo não tirei fotos, então coloquei umas fotos do zonda de novembro do ano passado. Mas pus o link para a matéria no jornal.
Bjs