Páginas

domingo, 12 de dezembro de 2010

Potrerillos

Em novembro tivemos um feriado de última hora e decidimos aproveitar para ir até Potrerillos para um piquinique. Inicialmente, iamos ao parque aqui perto de casa, mas ai ... veio a idéia de ir até a represa em Potrerillos. Tudo decido na noite anterior. Quando acordamos, arrumamos tudo, checamos o mapa, a previsão do tempo e depois de carregar o carro, pegamos a estrada.
O caminho é fácil e tranquilo e depois de dar uma volta pela "orla" da represa escolhemos o local para o almoço. Sanduiches, salada, refris, sucos, fruta tudo meio que com cara de piquenique, pelo menos pra gente.Mas de todos os que lá estavamos, éramos os únicos que não estavamos fazendo um "asado". Não, ninguém leva a churrasqueira, nem tem churrasqueira por lá, nem existe aqui as churrasqueiras descartáveis como na Noruega. Cada grupo, arruma as pedras, junta os gravetos, talvez tragam lenha, e pronto. Algum tempo depois o cheiro toma conta do local e o almoço está pronto. O porta malas do carro serve de mesa de apoio e todo mundo almoça, toma seu mate, dá uma volta, as crianças brincam e quando dá na telha, voltam pra cidade.
Eu lembrava disso, mas em 17 anos tantas coisas mudaram ... além do mais, acho que melhor ver primeiro como os daqui fazem antes de inventar moda. Já pensou, chegar no lugar com meio quilo de carne crua, pão, salada, batata e descobrir que não rola? Da proxima vez, vamos para fazer "un asadito".
Em Potrerillos fica a represa que abastece Mendoza, e o nível da água está assustadoramente baixo. O dia não estava ensolarado, mas no verão o lugar é point de remo, windsurf e outros esportes nauticos, só não vale nada com motor para não sujar a água. El dique (a repressa) é a principal atração, mas por lá há vários restaurantes, spa e várias opções de entretenimento, trilas, rapel, passeios de quadriciclo, bicicleta, cavalo e muito mais. Em breve vamos voltar por lá e aos poucos vamos testar todas as possibilidades. Temos várias visitas agendadas até o fim do verão e com cada uma pretendemos fazer algo diferente por lá.

Um comentário:

Paloma, a mãe disse...

Minha família na Colômbia também fazia piqueniques com churrasco. Mas levavam a churrasqueira, acho. E quilos de carne, rs. Pra gente é estranho, né?
beijos