Páginas

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Spoiler!

Hoje tive uma manhã azul, no melhor e mais feliz dos sentidos. Explico: eu gosto de pintar paredes, gosto do ritual de preparar tudo para a pintura, limpar a parede, por a fita de pintor (minha destreza ainda não me permite dispensá-la), proteger o chão, fazer os recortes da parede e ver como aos poucos ela muda completamente, esperar secar a primeira demão, colocar a segunda e depois ver o resultado final. Desta vez o resultado final só daqui umas semanas, quando a mudança chegar, mas eu gostei tanto da cor que o Guilherme escolheu que decidi mostrar aqui um pouquinho antes mesmo dele ficar pronto, as fitas ainda estão coladas.
Comecei por uma parede apenas, quero ver a reação dele, o que ele achava, afinal uma coisa é o mostruario (aqui não vendem as latinhas pequenas para testar) outra é na parede, com a luz do lugar. Quando chegou da escola, Guilherme pediu para pintar o teto azul também!As outras paredes? Ele disse que não sabe. Se vou pintar o teto de azul? Desculpa filho, mas não esse azul.

4 comentários:

Socorro Acioli disse...

Sou tua fã! Acho que pintar paredes, para mim, só na próxima encarnação...
Gostei da qualidade das portas. Ansiosa pra conhecer a casa toda!

Paloma, a mãe disse...

Neda, se vc pintar o teto (de qualquer cor que seja), vc vai ser eleita a mãe-mulher-maravilha do ano, da década...
Ficou linda a parede ;)
Beijos

Roberta Martins disse...

é um azul quente, parece o tom da casa da frida no méxico...rs...te acompanho sempre, boa sorte na nova casa.

Lia disse...

MARAVILHOSA. Amo esse azul. Minha varanda é exatamente dessa cor ;)