Páginas

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Diário de uma Mudança - Parte III

Hoje começa a embalagem das nossas coisas. Por uns 60 dias, minha casa vai estar viajando pelo mundo (risos) dentro de um contentor de 20 pés. Calculamos que em um dia e meio tudo esteja embalado e na sexta de amnhã vai tudo pra dentro do contentor que, com sorte, no mesmo dia começa a sua jornada.
Todo mundo que mudou daqui elogia muito a empresa e disseram ser muito melhor (eficiente) do que a empresa que embalou nossas coisas no Brasil. É verdade que nada, NADA, quebrou na mudança pra cá, mas também é verdade que sumiram algumas pequenas coisas e aqui tudo foi desembalado por mim, então ... neste momento quebro a cabeça para bolar uma sequencia de embalagem que não seja sufocante para nós. Amanhã Guilherme deve passar o dia na casa de amigos. Toda a bagunça e as conversas sobre mudança não tem agradado ao publico infantil desta casa. Particularmente, acho que sente falta dos brinquedos que há mais de uma semana sairam de circulação, mais de uma vez disse que quer os brinquedos de volta no armário, e tome negociação.
Já estamos sem internet em casa, telefone também, mas prometo um post bonitinho com fotos dessa parte da mudança que eu sei que tem muita gente com vontade de ver.
Agora vou ali que ainda tem coisa pra arrumar.

2 comentários:

Alice Mânica disse...

Queridos Neda e João,
Boa sorte nessa nova empreitada!
Quando viemos pra cá, quem fez a mudança foi a empresa contratada pelo ministério. Pus todos da família pra acompanhar a embalagem das coisas, pois na época da reforma demos bobeira e sumiram vários DVDs. Nada sumiu dessa vez, nenhum copo ou taça quebrou. Somente a TV de 40 polegadas, que chegou com a tela totalmente psicodélica... depois de mais ou menos um mês de enrolação, nos pagaram de volta.
E agora que vcs estarão aqui mais pertinho, do outro lado da fronteira, quem sabe não conseguimos nos re-encontrar???
Quando vierem ao Brasil, se houver escala ou conexão em Porto Alegre, me avisem!

Paloma, a mãe disse...

Fico imaginando vc, administrando tudo isso e ainda as ansiedades do Guilherme. Não deve ser nada fácil. Na mudanã pra cá (interestadual básica), a Ciça teve recaída do dedo (voltou a chupar), prisão de ventre crônica e várias doencinhas respiratória. Afeee.
Ainda bem que vc tem amigos com quem deixá-lo para que ele se distraia um pouco.
Beijos