Páginas

terça-feira, 23 de março de 2010

O ginásio


Hoje eu esperava escrever um post sobre como o primeiro mês de volta a malhação depois de um longo e tenebroso inverno foi produtivo e como eu estava empolgada com a retomada de uma rotina que por tanto tempo adorei e que fui deixando pra lá. Não esperava nada parecido com as academias que frequentei no Brasil, o que na maioria dos aspectos é bom. Por aqui, pelo menos no horário em que vou, não há um desfile de moda e pouca roupa, a maioria das pessoas está efetivamente concentrada na malhação e a azaração é praticamente zero. Mas... sempre tem um porém, fazem falta os instrutores, alguém para ver se todo mundo está direitinho, ninguém tá forçando nada, se os novatos sabem usar o equipamento, dar dicas de postura. Eu sei o que fazer, passei em salas de musculação tempo suficiente para ter uma boa idéia da rotina de exercicios que preciso fazer e como não sou nenhuma desmiolada conheço meus limites. Só que 6 anos é muito tempo, e muita coisa aconteceu, tipo, eu fiquei grávida e tive um filho! Engordei, descobri uma lesão nos joelhos (razão pela qual voltei para a academia) isso fora a escoliose.
Como estou muito solta (descobri outro dia que minha ficha ainda não ficou pronta, será que foi feita?) vou perdendo a motivação, faço uma série básica que está ajudando com o joelho (so I hope), mas é isso e vou ficando como na musica do Chico Buarque, Cotidiano.
Vão desculpando ai, mas precisava desabafar pro escrito.

PS Estou indo para a academia por recomendação médica, preciso mesmo, por conta do joelho. Até o momento parece ser minha única opção, parece. O que pretendo fazer é ir a outra academia e fazer outro tipo de atividade, para complementar e ver se me motiva.

2 comentários:

Blenda disse...

Eu te entendo. Só voltei para a academia por causa do joelho, vou todo dia, não que eu goste, mas admito que o joelho está bem melhor do que antes.

A preguiça mesmo é sair do trabalho e ir malhar ao invés de ir pra casa me jogar na cama e ver tv. Mas depois que eu estou lá bem empolgada fazendo os exercícios até é bom, acho que a endorfina ajuda. Admito que musculação é bem chato mesmo e só não vou desistir por enquanto porque agora vai abrir uma aula de pilates no horário noturno, então vai ser bom revesar pra não ficar muito entediante.

A única coisa que eu posso dizer é: Não desista! Vale a pena! kkkk

Bj :)

Clarissa disse...

E nadar?