Páginas

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Refogado Bombril


Quando estou refogando tem uma hora em que paro simplesmente para ver as cores vibrantes dos ingredients, a cebola transparente, o verde do pimentão (ou o vermelho, ou o amarelo), o vermelho do tomate e o frescor do coentro ou do cheiro verde. Mas indo ao que interessa. Aqui é muito raro encontrar linguiças como as que tem no Brasil, por outro lado temos uma enorme variedade de choriços e outros embutidos portugueses, inclusive umas linguicinhas fininhas temperadinhas que a gente adora. Essas linguiças são bastante gordurosas, infelizmente, e tem muita paprica doce, felizmente, então dou uma “fritada” nelas para que percam o máximo dessa gordura, depois disso uso a gordura para o refogado, ou uma parte dela dependendo de quanto tem na frigideira. Primeiro a cebola, o sal, logo depois o pimentão, quando eles estão mais molinhos, coloco o tomate e por último o alho (quase sempre uso o alho ralado), as linguiças voltam para a frigideira, coloco salsa picadinha dou uma mexida e apago o fogo e está pronto. Fica uma delícia assim, só no pão. Este da foto foi pro molho de tomate para comer com macarrão. Tava muito bom.

3 comentários:

Paloma, a mãe disse...

Vixe, no pão deve ser tudo de bom! A foto está pra lá de apetitosa!
Beijos

Houser disse...

e se cozinhar a linguiça antes?

Neda disse...

Uma idéia ... não havia pensado nisso.