Páginas

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

O oráculo me disse ...

Ao longo da vida vamos aprendendo um monte de coisas, mas com o tempo apenas algumas ficam como ensinamentos para a vida. Um que eu tento nunca esquecer foi aprendido de forma dura logo no inicio da minha, por hora breve, carreira de jornalista. Tinha cometido um erro qualquer, banal e sem repercussão. Na verdade produzi e levei ao ar uma matéria que para os padrões do chefe jamais deveria ter sido feita. Foca, fiz o obvio e tentei vender o meu peixe da melhor maneira possível. Ele balança a cabeça, mexia a boca de um lado pro outro, tava inquieto o chefe. Olhou pra mim e disse: “ não justifica!” seguido de um yadda, yadda, yadda que é melhor não reproduzir aqui. A lição foi bem indigesta, mas aprendida. Tempos depois, em outro emprego, deixei o chefe desconcertado, juro que não foi a minha intenção, ao não justificar um erro por que sabia que não iria adiantar em nada.
Hoje levo o ensinamento para além dos erros e faço um esforço consciente de nunca justificar meus atos, claro que nem sempre é tão simples assim, as vezes a justificativa é a minha forma de não dizer uns desaforos, outras é apenas um reflexo da natureza humana. Se erro admito, mas quando o problema são as minhas escolhas e a forma como levo a vida ... só lamento. Sei que para os amigos não preciso me explicar e para as outras pessoas, é inútil explicar.

8 comentários:

Diário da África disse...

Que post tenebroso...

Claudia disse...

Não existe nenhuma bronca que resista a um "eu sei, errei, desculpe".

Neda disse...

Tenebroso!?
LOL

Diário da África disse...

É. Fiquei com a impressão de algo de muito grave aconteceu.

Neda disse...

Hehehehe
è, ficou meio assim mesmo ...
A verdade é que estava lendo uma época antiga e tinha uma matéria sobre conselhos que pessoas "vencedoras" receberam e seguem ai lembrei da história lá do tempo de foca e como me marcou. O chefe é meu amigo e ri demais disso.

Houser disse...

Tudo bem, neda. Não precisa explicar =)

Neda disse...

lol
nunca ri tanto de um post tenebroso

Eulalia disse...

Nada justificava, né, amiga?
Enfim, tudo serve para fortalecer o músculo da alma!