Páginas

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Depilação


(desculpem os rapazes, mas este é um tópico BEM mulherzinha)

Eu nunca fui muito chegada a um salão de beleza, na medida do possível tento fazer todos os procedimentos necessários em casa mesmo. Fico angustiada por que mais de uma vez passei pela desagradácel experiencea de fazerem EXATAMENTE o que eu havia pedido para NÃO FAZER. Antigamente eu fazia a unha no salão, agora já estou ficando craque, devagarinho e com calma vou fazendo. Faço eu mesma meu banho de lua (não sabe o que é? Google it), pinto meu cabelo, faço sombrancelha (na verdade limpo), já me aventurei pelo universo das ceras e tudo mais.
Depois de quase um ano aqui e com a abertura da temporada das piscinas decidi que era hora de conhecer um salão e fazer depilação. A menina foi bem recomendada, muita gente que eu conheço se depila com ela. Onde foi que eu me meti? Acho que a última vez que sofri tanto foi a primeira vez que eu mesma me depilei. Eu não sei se o problema era a cera ou a depiladora, ou os dois. Saí com um hematoma logo acima do joelho e TODOS os poros vermelhos, parece que estou com roseola.
Fui sondando, a menina é de Fortaleza, pra saber onde ela havia trabalhado por lá, desconversou, disse que no Brasil trabalhava mais com a parte de estética corporal e limpeza de pele, só não falou onde, e olhe que eu perguntei. Bom! Vamos em frente, fui averiguar sobre a cera, perguntei se eles não trabalhavam com a cera de mel, ai ela falou que no salão onde trabalhava antes, sim, era a cera que usavam, mas que as caboverdianas não gostavam, preferiam a cera industrializada e que aqui chamam fria, mas que na verdade é morna (é aquela que vem já num rolinho, que amorna e passa) e também usam umas que vem em tabletes e é só esquentar. O TNT pra puxar é de baixa qualidade e RASGA, só quem já passou por isso sabe como pode doer. Ela até tentou se desculpar, muito sutilmente, falando que no salão tinha que trabalhar com o material que era fornecido. AH! isso tudo tendo que me equilibrar em cima de uma mesa forrada com papel, que GRUDA a cada mexida. SE um dia voltar lá, vou levar um toalha de casa para forrar.
Acho que tá na hora de comprar os pacotinhos de veet no supermercado e testar minhas habilidades.

4 comentários:

Helga disse...

Hhaahahha

Também chamo esta do rolinho quente (ou pote que aquece com banho-maria) de cera fria.

Cera quente (com produtos apícolas) é o que há mesmo. E é realmetne muito difícil achar uma cera/moça que dê certo conosco. Boa sorte. :D

Paloma, a mãe disse...

Ai, quem me dera ter habilidade/ coragem de fazer em casa. Mas a gente aprende quando não tem jeito, né? Boa sorte!
Beijos

Blenda disse...

Eu também evito salões ao máximo. A unha eu desisti de fazer em casa porque sempre ficava meia boca, mas o resto é em casa mesmo. Aliás, meu sonho de consumo atual é depilação definitiva, pra nunca mais ter que me preocupar com ceras, salões, sessões de tortura e afins. kkkk

Laila disse...

irmã!! tô ficando craque nesse esquema de fzr as unhas em casa! ;D acho que tu vai gostar da minha mais nova coleção de esmaltes...
pintar cabelo tu sabe que eu n pinto, né? no máximo uso os restos da tinta de mami pra clarear as pontas do cabelo (luzes californianas creuza style!)
pro tal do banho de lua já tenho uns bons anos de prática e a depilação...tô tão sem saco de ir pra salão que tô apelando pra MAch 3 e pra espuma de barbear msmo...mas a depilação definitiva é um sonho msmo...