Páginas

terça-feira, 23 de junho de 2009

Sensação estranha

Meu nome sempre foi "diferente", me acostumei a sempre ter que explicar que não, não é Leda. Que não é erro de tabelião e que muito menos meus pais decidiram inovar na escolha do nome. Também tinha que explicar que tampouco era Néda, assim com o E aberto, mas que não se escrevia Nêda. Quando trabalhava na tv sempre era divertido ter que me apresentar, e muitas, muitas vezes deixava pra lá e deixa que me chamassem de Leda mesmo.

Eis que, agora meu nome está em todos os jornais, escrito certinho, pronunciado lindamente como tem que ser, infelizmente não há nada de bonito nas circunstâncias em que meu nome ficou conhecido. Mas a sensação de ouvir os jornalistas falando, ver o nome escrito numa vinheta de bloco do JN é muito estranha, eu sempre tenho um sobresalto. Pelo menos agora acho que vai ficar mais fácil as pessoas entenderem meu nome.

4 comentários:

Houser disse...

como eu deixei postado lá no "Pezinho": me deu um certo frio na espinha, por mais irracional que fosse. Mas dona Nega Batman está sã e salva.

Helga disse...

Estava a falar outro dia com um vendedor e disse "meu nome é Helga", eis que o moço responde: "ah, igual ao da minha namorada". hahahahha Já me acostumei também a nunca cruzar com outra Helga. Por mais que eu saiba que existam umas 5 aqui pelo Quadradinho.

Também tive de confirmar se eu tinha ouvido o que eu achava que tinha ouvido mesmo.

Eulalia disse...

Isso Leda, com N! Risos!
Saudade, viu? Venham logo!

FH disse...

Me permite um trocadilho? acho que serei infeliz, mas... cliquei no link do uol e lembrei da sra. melo.
http://noticias.uol.com.br/album/090624_album.jhtm?abrefoto=24
"Tipo, se vc segurar o mesmo cartaz, vai traduzir fielmente a frase."

Pode apagar caso tenha achado de mal gosto... e desculpe!

Abraço