Páginas

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Apelido e sobrenome

Sempre me causou muita graça que em espanhol apelido é sobrenome e sobrenome é apelido. Na escola as crianças estão aprendendo os seus "apelidos" e eu tenho sempre que lembrar que na verdade se trata do sobrenome. E dentro desse espirito tive a seguinte conversa meio nonsense com o Guilherme.

- Filho, posso te chamar de velinho?
- Não! (Risos)
- Hummm, de "flaco"?
- Não! (Gargalhadas)
- e de que posso te chamar?
- Cabezota!
- Não!

Em tempo, aqui gorda e gordo são tratamentos carinhosos e quase nunca estão relacionados com a forma física da pessoa. Entre adultos usa-se também "viejo" e "vieja" ou "negra" e "negra", em geral denota um grande grau de intimidade. Já a maioria dos adultos chamam as crianças, de "gorditos", mesmo quando não conhecem os pais. Outras opções são: "enano" e "piojo".

2 comentários:

Sandra Hellen Kautto disse...

Eu também achava bem engraçado esse negócio de apelido..rs rs.
Tenho amigas no México que sempre me chamavam de negra brasileña!! :-)

Besos!

Mariana - viciados em colo disse...

também me confundo sempre, tenho duas amigas casadas com espanhóis e sempre confundo tudo.
beijoca
mari
www.viciadosemcolo.com