Páginas

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Música - Escola - Férias

Desde que foi apresentado pelo Tio Thiago à música "Bolacha de água e sal" Guilherme virou um fã incondicional das criações de Paulo Tatit e Sandra Peres do Palavra Cantada. Na época ele ainda nem ficava sentado direito, mas curtia. Durante muito tempo era de lei chegar na casa da Socorro e ver o DVD, especialmente a "Sopa do Bebe", mesmo não gostando de sopa, ele adorava a música. Mas a música mais favorita de todas é "Pé com pé", ele passa o dia cantarolando e aos poucos foi entendendo o jogo de palavras. ( Não vejo a hora dele descobrir a resposta para a música "O que é o que é?", minha música mais favorita de todas). Eis que dando uma geral no site deles descobri o CD Canciones Curiosas. Não é que tem em espanhol uma seleção de músicas do Palavra Cantada? A ideia surgiu desde que a dupla passou a participar dos Encontros Latino americano da Canção Infantil e hoje a ideia é realidade e está aqui em casa. Guilherme ainda não ouviu, está separadinho para as atividades das férias de inverno. Eu estou escutando agora e adorando. Infelizmente, não tem "Pé com pé" nem " O que é o que é?", mas tem outras musicas que ele não escuta com tanta frequência e outras que conhece muito bem. Me pareceu uma maneira interessante de apresentar novo vocabulário (tem algumas palavras que ele sabe em espanhol e não em português, vejam só, e outras que sabe só em português)

***

Segunda-feira foi dia de entrevista com a professora, é a entrega da avaliação semestral. Nenhuma novidade com relação ao pequeno, nas coisas boas e nas não tão boas assim. Há muito (desde o ano passado) o idioma deixou de ser uma barreira, na verdade o desafio é fazê-lo parar de falar (saiu a mãe e assim como a minha mãe ouviu isso anos a fio, agora será minha vez). Conhece as letras, os números, os dias da semana, as características do tempo entre tantas outras coisas. Adora fazer piada, faz jogos de palavras e maneja muito bem ironia, sarcasmo,  hipérbole e perguntas retóricas  fazendo uso delas de forma correta. Não gosta de desenhar/pintar (melhorou depois que começou com as aulas de arte). É um menino extremamente carinhoso e tem empatia (uma das minhas qualidades favoritas) de sobra. Apesar de desafiador (quando não concorda questiona mesmo) respeita as professoras, mas deixa bem claro quando se sente injustiçado (mesmo quando sabe que está errado). Como o pai, fala muito alto, a professora ficou mais tranquila ao saber que já havíamos feito uma audiometria e que estava tudo bem, é uma questão ver até que ponto "fala mais baixo Guilherme" vai surtir efeito.

***

Férias de inverno. Durante 15 dias Guilherme terá férias da escola. Nossos planos iniciais incluíam uma ida ao sul da província para uma temporada de esqui, mas por conta da Copa América, vamos ter que ficar aqui por perto. Vamos para a montanha, uma estação que tem aqui pertinho para que os meninos se divirtam, eu vou ter que me contentar e ficar olhando ou me limitar ao "esquibunda", com sorte rola um "cross country", veremos ... Além das atividades ao ar livre, já combinamos com outras mães uma ida ao cinema e a uma brinquedoteca. Este mês também rola uma série de atividades culturais na cidade, como teatro, música e exposições voltadas para a criançada. Vai ser divertido!

Um comentário:

Paloma, a mãe disse...

Pô, acho esqui-bunda o máximo!! Vai ser divertido. Posta fotos depois, plis!
No mais, a Ciça também fala tão alto. E, confesso, isso está me dando nos nervos. O que fazer, hein? Já quis até postar sobre isso no blog, mas ainda não encontrei o tom certo. Mas isso tem me tirado do sério, porque ela vive acordando Cali...
Boas férias para vcs!
Beijos