Páginas

quarta-feira, 26 de maio de 2010

De volta

Chegamos de madrugada e a verdade é que dessa vez as ferias tiveram gostinho de pouco, muito pouco. Tanta gente que não tive tempo de ver, nem ao menos falar ... Depois de três semanas na estrada o cansaço dá seus sinais, os planos tiveram de ser alterados, dias mais relax, um conversa com amigos, ou família. Uma tarde de domingo passada no parque, entre sol e chuva. Guilherme pergunta pelas pessoas que conheceu, ficou bem claro o quanto ele gosta de estar ao ar livre e explorar. Em nenhum momento o idioma foi barreira para nada e ele e o "tio" Jørgen curtiram horas de gargalhadas e brincadeiras, tal e qual quando o Jørgen tinha 3 anos, esteve no Brasil e passava horas com meu pai. E assim foi com todos. Agora, escuto Takk for maten depois das refeições, assim como na casa de minha mãe.
A lista de coisas que precisam ser feitas aqui em casa não é pequena. O boiler que queimou na vespera da viagem tem que ser trocado, também o cano da pia que furou (é daqueles sanfonados, sabem?). Preciso ir ao supermercado e não quero ... em breve tenho que ir a feira.
Um Guilherme cheio de energia redescobre seus cantinhos pela casa, seus brinquedos ...
Começamos a planejar as nossas férias, as próximas ...

3 comentários:

Paloma, a mãe disse...

Ai, a volta, depois de dias e lugares tão agradáveis, é sempre difícil, né? Mas o bom é que já pode planejar as próximas (que venham logo)!
Beijos

Houser disse...

Calma que já está acabando...

Eulalia disse...

Queria estar aí procurando os brinquedos com o Guilherme! Buáaaaaaaaaaaa!
Beeeeeeeeeeeeijos!