Páginas

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Bubista terra sab ...


Semana passada tivemos a mega agradável visita do Cris e da Blenda. Tê-los aqui deu pra matar a saudade da vidinha em Brasília, das conversas e tudo mais. Ficaram aqui em casa dois dias e depois rumamos para Boa Vista, ou Bubista como falam os de lá. Apesar dos poucos dias, foi a primeira vez desde que fomos a Argentina que me senti de férias, sem eira nem beira. Adorei a ilha e o potencial turistico é grande, mas o que me agradou foi o charme que ainda ficou do tempo em que por lá não moravam mais do que 4 mil pessoas espalhadas em pequenas vilas por toda a ilha. Mas como todo destino turistico voltado para o mercado europeu os preços, até no mercado municipal, estão em euros e haja papo para convencer os vendedores, senegaleses em sua maioria, a baixar o preço. O aeroporto tem o nome de Rabil, nome da localidade onde se encontra e também do pássaro simbolo da ilha (em vias de extinção) segundo nos falou Carlos, o funcionário do hotel que nos esperava.
A impressão que tive é que quase não há mais estradas na ilha e para conhecer um pouco do lugar a melhor opção é alugar um carro com motorista, sim por que se não hás estradas é preciso saber bem onde se está pondo o carro e pra que lado ir. A Vila de Sal Rei é como as pequenas cidades do interior no Brasil, mas vimos muito pouco da vila em si, nos limitados a praça e algumas lojas em seu entorno. Também conhecemos as praias de Curral Velho e Santa Monica. João conta os detalhes lá no cantinho dele (www.pezinhonaafrica.blogspot.com).

2 comentários:

Paloma, a mãe disse...

Bela foto. Adorei Bubista!

Blenda disse...

Fazia tempo que eu também não tinha férias tão divertidas. Aliás, fazia tempo que eu não tinha férias, ponto. hahaha