Páginas

sábado, 7 de março de 2009

Pessoa pública

A primeira coisa que percebi quando anunciei que estava grávida do Guilherme (e isso vai pelo menos até as pessoas acharem qua você não amamenta mais) era é minha vida não me pertencia mais, quase tudo que eu fazia era motivo de comentários. Ainda bem que pude comemorar minha gravidez com amigos bacanas (Eulália, Cris e Blenda) tomando xampã e comendo ostras, isso mesmo, eu TOMEI XAMPÃ e COMI OSTRAS no primeiro trimestre da gravidez. Mas essa foi das poucas vezes que pude fazer isso em público e quando a barriga deu as caras ai não tinha jeito, o garçom olhava torto até pro meu cafezinho, mas não para o exagero do sobremesa, isso sim pode ser um problema. Eram sempre assim, se iamos comer sushi todo mundo olhava para o meu prato para ver se não tinha peixe cru, se eu tava comendo salada no cê se servi, se bebia vinho e por ai vai. Um saco! O que realmente se mostrou um problema depois foi o açúcar, mas ai eu só podia contar com o marido e os amigos nessa hora já que todo mundo aparecia me oferecendo doce (eu tive intolerância a glicose na gravidez).
Quando fomos para o casamento do Cris e da Blenda, uma das amigas deles anunciou que estava grávida e na hora do brinde a Blenda veio tirar a dúvida se eu não tinha tomado xampã grávida. Tranquilamente, disse que sim, que uma taça não faria nada para a amiga nem para o bebê, mas que isso era uma decisão dela, né não? Acho que como não é mãe de primeira viagem já sabe que deixou de ser pessoa privada e passou a ser pública.
Ah! andei pesquisando o site da Gourmet e encontrei uma colunista que trata desde e de outros assuntos com os quais me identifiquei bastante. Vão lá dar uma olhada http://www.gourmet.com/search/query?keyword=the+kid%27s+menu& tá em ingrês

3 comentários:

Helga disse...

Nossa, demorei a entender que diabo de "xampã" era esse que tu tinha bebido. :D hahahahah

Blenda disse...

Uma vez eu vi na tv uma moça comentando que barriga de grávida parece local público, todo mundo põe a mão.

Acho que todo mundo fica tão feliz com a notícia que quer tomar conta do bebê e da mãe também! :)

Luana disse...

Oi Neda!

Quando descobri-me grávida da Olivia, tomei vinho pra saudá-la!

Ninguém tem nada com isso, né?! Tira a mão daí!, é o que dá vontade de dizer. Hehehe...

Bjocas,
Lu e Oli