Páginas

terça-feira, 28 de outubro de 2008

A vida de dona de casa


Depois de quase dez anos pegando pesado no batende, chegando a estar no ar por 48 horas, eis que chegou meu dia de DO LAR. Eu gosto de cuidar da casa, pensar nas comidas, ficar com o Guilherme, mas confesso que a adaptação não é fácil, no sentido de eu ainda não consegui me organizar para não ficar de bobeira e ao mesmo tempo poder ler um livro, navegar na net, trocar figurinhas com os amigos, esse tipo de coisa. Também tenho que aprender a tratar com uma nova figura, a empregada. A que temos aqui, a Carla, é muito boa, mas precisa de ajustes e alguns são até culturais, coisa do hábito de cada país mesmo. Por isso, ontem reli o "Rotina com purpurina" para elaborar um super roteiro de faxina e manutenção da limpeza da casa e ocupar melhor o tempo da Carla, por que ela está se acostumando a sair daqui logo depois do almoço e eu quero que o Guilherme se acostume a ficar com ela também, para quando eu precisar ir ao super, por exemplo. Espero terminar tudo até sexta para poder sentar com ela e passar tudo direitinho e começar o teste do plano em Novembro. Também tenho que colocar na rotina dela os cuidados com os gatos por que quando formos viajar os gatos vão ficar e é ela que vai ter que dar conta. Quando terminar o material vou colocar aqui para, quem sabe, ajudar outra alma que como eu não tem lá muita aptidão para isso.

2 comentários:

Helga disse...

Eu cuido dos gatos!! Deixa q eu cuido!!

Blenda disse...

Eu também posso cuidar dos gatos nas férias! :D